Black Mirror S01E02

Black Mirror S01E02 – Ficção ou previsão?

O segundo episódio de Black Mirror vem completamente diferente do primeiro, mostrando um mundo mais futurista e mostrando ainda mais a proposta da série.

Neste segundo episódio da série somos apresentados a Bing. Bing vive em uma espécie de colônia, onde seus habitantes tem a tarefa de pedalar em bicicletas para gerar energia. Essas pedaladas também geram quilometragens para seus usuários, quilometragens estas que podem ser usadas para comprar aplicativos novos, itens novos para seus avatares e programas de TV que eles podem assistir enquanto pedalam.

 

 

Bing é um cara completamente desanimado, quase que um robô, acorda, trabalha, come e vai pro seu quarto, um quarto cercado por monitores que transmitem de tudo, vários tipos de programas de TV ou jogos.

 

Quarto de Bing

 

A vida de Bing muda quando ele conhece Abi, recém chegada na colônia. Bing se aproxima de Abi e acaba ouvindo ela cantando no banheiro (sim, eles frequentam o mesmo banheiro). Após vê-la cantar Bing começa a insistir que Abi participe de um programa de talentos, única maneira deles saírem daquela colônia e terem direito a uma vida melhor.

Abi participa do programa mas não consegue passar para a próxima fase, os jurados então oferecem uma saída para ela da colônia, mas com uma condição, que ela vire a nova estrela pornô da industria de pornô da colônia. Abi aceita, deixando Bing completamente desolado.

 

Abi no Show de Talentos

 

Bing decide então bolar um plano para tentar mudar o sistema, ele pega um pedaço de vidro e vai até o programa e ameaça se matar no palco, nesse momento somos completamente surpreendidos, quando um dos jurados oferece para Bing um programa onde ele poderá expressar sua opinião livremente, Bing aceita o convite e sai da colônia também.

 

A TV continua viva

Pra quem acha que a TV iria morrer com a chegada da internet, esse episódio pensa totalmente o contrário. As pessoas tem seu acesso a internet completamente limitado, podendo escolher assistir apenas programas pré-selecionados. A TV continua com seus comerciais chatos, mas diferente de hoje em dia que podemos apenas mudar de canal, para você pular um comercial você tem que pagar, com quilometragens que é a moeda deles.
Segundo a teoria a TV continuará viva e controlará muito mais a vida da população. Tenso.

 

Cada um por si

Podemos ver que a população está cada vez mais individualista, pensando cada vez menos no próximo. Temos dois exemplos no episódio, um quando Abi decide virar atriz pornô para sair da colônia, mesmo após utilizar o dinheiro de Bing para participar do programa, ela não pensou muito até aceitar a proposta. Claro que ela bebeu um suco bem estranho antes de se apresentar, mas não acho que ele tenha feito ela decidir.
Outro exemplo é quando Bing está no palco ameaçando se matar para acabar com o programa e mostrar que todos ali estão sendo manipulados o tempo todo. Ele tinha uma causa, uma ideologia, mas deixou tudo pra trás quando teve a oportunidade de sair da colônia também.

 

Bicicletas

 

O episódio é bem interessante e tenta mostrar como as pessoas se corrompem facilmente para conseguir melhorar de vida. Ele meio que diz que não existe ninguém que não possa ser comprado. Outra crítica é o modo como a TV controla a mente do povo, afinal, se três jurados falam que uma pessoa não presta, todo mundo aceita e passam até a vaiar ela. Isso aí nem é tão futurista assim =/

E vocês, o que fariam se estivessem na situação de Bing ou de Abi? Aceitariam a primeira oportunidade que aparecesse? Comenta ai.

Gostou? Nos ajude deixando sua opinião
14
0

.

Deixe uma resposta